Lambari: A planta-peixinho

Muito popular nos pratos daqueles que vivem em Minas Gerais e em algumas outras localidades do Brasil, a lambari é uma planta verde-prateada, aveludada e de folhas carnudas que pode atingir até 40 cm de altura. Pertencente a mesma família botânica da sálvia, do hortelã e do manjericão, é uma planta ao mesmo tempo charmosa e rústica, simples de cultivar e que não exige cuidados específicos, além de ser super resistente ao ataque de pragas e doenças.

Originária da Turquia, Sudoeste da Ásia e Cáucaso, a planta, na verdade, se chama Stachys lanata e recebeu o nome de lambari porque, depois de empanada e/ou frita, possui um sabor muito semelhante ao de um peixe de água doce frito, e o melhor: sem espinhos! Desta mesma associação também surgiram seus diversos outros nomes: peixinho, lambarizinho, peixe-frito, entre outros.

De perfume agradável, a lambari pode ser cultivada como planta ornamental para enfeitar a casa ou como item obrigatório para a horta de plantas alimentícias e medicinais. Quando ingerida em forma de chá (decocção) é capaz de auxiliar, e muito, no combate à doenças respiratórias como asma, bronquite, resfriados, pneumonia e tuberculose, além de aliviar crises de tosse e de irritação na garganta. Já na alimentação, a lambari é simples de preparar, saborosa e não perde em absolutamente nada para um peixe frito. Pensando nisso, nós do blog Soja Saúde trouxemos duas receitas de folhas de lambari. Vamos espalhar essa ideia pelo Brasil? 

RECEITA 1: Ingredientes

– Um punhado de folhinhas de lambari;

– Meia xícara de farinha de trigo;

– Meia xícara de água gelada;

– 1 colher (sopa) de maisena;

– Um quarto de uma colher (chá) de fermento em pó;

– 1 pitada de sal;

– Óleo ou azeite para fritar.


Modo de preparo

Lave bem as folhas e seque-as. Numa tigela, misture todos os outros ingredientes. Envolva as folhas, mergulhando-as por completo na massa. Frite em óleo quente até ficarem crocantes, polvilhe com sal. Elas ficarão bem sequinhas. Sirva como aperitivo. Sugerimos servir com limão para saborizar.

RECEITA 2: Ingredientes

– 24 folhas de peixinho, bem lavadas e secas;

– Suco de um limão;

– 1 colher de sopa de alecrim picado;

– 3 colheres de sopa de azeite de oliva;

– 1 colher de sopa de manjerona picada;

– Sal e pimenta.

Massa para empanar:

– Meia xícara de farinha de trigo;

– Um quarto de xícara de água;

– Sal.

Modo de preparo

Tempere as folhas com os ingredientes e reserve. Após, misture bem todos os ingredientes da massa até ficar homogêneo e bem líquido. Passe as folhas na massa e frite em óleo quente. Sirva com limão.

E então, Sojamaníacos, que tal experimentar a planta peixinho para acompanhar o seu produto Soja Mania preferido?

Brunna Zurlo

Redatora publicitária e ovolactovegetariana

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email