COMO COMEÇAR NO VEGETARIANISMO

Por diversas razões, saúde, opção pessoal, por preservação do meio ambiente, ou gostos, muitas pessoas vem aderindo ao vegetarianismo. Estima-se que nos últimos anos cerca de 14% da população se tornou adepta a uma alimentação vegetariana.


Mas se você alguma vez já pensou em eliminar da sua alimentação produtos de origem animal, provavelmente a maior dúvida é como começar o processo de vegetarianismo ou como fazer esta transição. Pensando nisso, elaboramos este conteúdo para te ajudar a clarificar alguns conceitos, e trazer dicas para facilitar o seu processo de transição.


Vale lembrar que é preciso antes de tudo, buscar um aconselhamento nutricional, pois não basta simplesmente começar a consumir legumes e vegetais, e sim, entender quais nutrientes fazem falta ao seu organismo e quais são as substituições inteligentes para encontrar os mesmos nutrientes em alimentos de origem vegetal.


Seguindo isso, é possível manter uma alimentação vegetariana ou vegana
preservando a sua saúde com um cardápio variado combinando legumes, verduras, leguminosas e frutas.


Entenda o vegetarianismo:
O vegetariano é uma pessoa que segue uma dieta alimentar sem produtos de origem animal, incluindo carnes, peixes e também produtos processados que contenham ingredientes de origem animal (como as massas preparadas com ovo, por exemplo).
Muitos estudos mostram que ser adepto ao vegetarianismo pode trazer inúmeros benefícios para a saúde como:
● Reduz o risco de desenvolver câncer (doença bastante associada ao consumo de carne, embutidos e produtos lácteos);
● Previne as doenças do coração, sobretudo porque os alimentos vegetais não contém colesterol nem gorduras saturadas;
● Controla a hipertensão e nivelar os níveis de sódio no sangue;
● Reduz o risco de osteoporose, cálculo biliar e renal;
● Ajuda a reduzir a diabetes tipo 1 e tipo 2 por controlar melhor os níveis de
açúcar no sangue.


Como começar:
Não existe exatamente um método ou processo ideal para se tornar vegetariano, cada organismo tem um ritmo de adaptação diferenciado. É importante antes de tudo se questionar sobre sua motivação para o processo, e se realmente você está pronto para se tornar vegetariano. Uma dica importante para o começo, é conciliar a alimentação vegetariana com não vegetariana de forma e gradativamente deixar de consumir certos alimentos de origem animal. Por exemplo, muitas pessoas deixam de
comer primeiro as carnes vermelhas e consomem apenas as brancas como frango e peixe. O próximo passo é comer somente uma das opções, e ir encontrando alimentos para substituição até finalmente se adaptar completamente.

Procurar alternativas vegetais aos seus cardápios habituais e estar atento ao rótulo dos alimentos que costuma consumir, pois muitos incluem ingredientes de origem animal sem sabermos, é outra boa dica para prestar atenção nesse processo.
Montamos aqui uma lista de alimentos que os vegetarianos podem consumir e seus benefícios.
Verduras: contêm muita água, minerais, vitaminas e fibras;
Legumes: ricos em proteína e aminoácidos essenciais, se combinados com cereais (por exemplo: arroz e quinoa).
Grãos germinados e brotos: concentram muitas das vitaminas que o corpo necessita, além de minerais e enzimas;
Frutas: contêm fibra, vitaminas (sobretudo antioxidantes), açúcar saudável (frutose) e água;
Cereais (de preferência integrais): por serem carboidratos completos e de absorção lenta são uma importante fonte de energia, vitaminas, minerais e fibra; Tofu, seitan e tempeh: tidos como principais fontes de proteínas e podem substituir a carne e o peixe em vários pratos;
Cogumelos: importante fonte de proteína, minerais e vitamina D;
Frutos secos e sementes: são ricos em gorduras saudáveis, vitaminas, minerais, fibras, proteínas vegetais e carboidratos completos;
Óleos vegetais e de sementes: não contêm colesterol e são ricos em ácidos graxos essenciais e vitaminas;
Leites/bebidas vegetais: alternativas inteligentes ao leite de vaca, sem lactose e ricos em vitaminas, minerais e gorduras saudáveis.
Esperamos que estas informações te ajudem a seguir num caminho cada vez mais saudável e leve. Se você já passou pela transição do vegetarianismo, conta aqui pra gente como foi, sua dica também pode ajudar alguém.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
logo-rodape

Rua Wilhelm Knaesel Senior, 763 – Itoupava Central 
Blumenau / Santa Catarina